sábado, 10 de abril de 2010

Passado.



Ela fechou os olhos, abriu novamente e olhou tudo que estava ao seu redor, talvez ela nunca quisesse voltar ali. Desceu as escadas devagar, um passo de cada vez, cada passo deixava aquele passado cada vez mais para trás, esquecé-lo era a solução. Ao pé da escada, largou a mala, descidiu deixar até as roupas, cada blusa, cada calça, cada meia, cada peça de roupa lembrava uma história antiga, uma das quais ela queria esquecer. Quando olhou pela janela da casa viu a chuva cair e formar rios de águas turvas e correntes na rua, ostentou a ida, mas a chuva seria boa para lavar a alma. Saiu pela porta e ao sentir a primeira gota da chuva fria, estremeceu. Correu para o carro, saiu disparada, ligou o rádio, uma música que ela não conhecia tocava e ali ela viu que começava uma nova vida, com alma lavada e pneus cantando a sinfônia.

9 comentários:

RafaelQueiroz' disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
disse...

Testo lindo. Escreves muito bem. Adorei as analogias. Seguirei. Beijos

Tereza disse...

Você escreve mt bem, parabens :* o blog tá lindo tambem...
http://blogueandoretardadamente.blogspot.com/

Tereza disse...

Você escreve mt bem, parabens :* o blog tá lindo tambem...
http://blogueandoretardadamente.blogspot.com/

Tereza disse...

Você escreve mt bem, parabens :* o blog tá lindo tambem...
http://blogueandoretardadamente.blogspot.com/

Thaís. disse...

Adorei cada frase deste texto. Muitas vezes é preciso renovar-se. Um bom banho de chuva ajuda muito!

Camila disse...

ameeeei ,seguindo , me segue la tbm , beijos e Sucesso *

Isa Andrade disse...

Tô seguindo o seu blog tá? Se der segue o meu também.. Beijinhoo

Mariana disse...

legal o post,ás vezes é mesmo preciso deixar tudo o que vivemos para trás e recomeçar :~~
te seguindo ;)

beeijos ;*


http://thesameasalwayss.blogspot.com/