sábado, 6 de março de 2010

Saudade.





Posso falar que é saudade. Por que eu tenho músicas que me lembram você, tenho momentos que eu só penso na falta que você me faz, tem momentos que eu lembro do seu jeito de andar e conversar, lembro das bobagens que nós faziamos e das risadas bobas que davamos sem precisão, das madrugas dentro da piscina falando de qualquer coisa que nós vinhesse a cabeça... Eu lembro do momento em que eu me aproximei de você, de uma forma estranha depois de um simples momento eu e você nunca mais nos largamos. No dia que você falou que iria embora o mundo parecia parado e eu boba chorava, não acreditava. Às vezes, você some e eu sinto como se algo em mim faltasse. Não há ninguém para substituir o que você significa pra mim.

8 comentários:

Alice S. disse...

oowti *-*

Luiza Shaddix disse...

q triste

Jaqueline disse...

*-*
Saudades!!!!
é de um amor ou de uma amizade?

Minter disse...

Os dois, uma amiga e um amor-amigo.

. neeto santiago ;) disse...

uma vez ouvi uma frase que dizia:
"saudade não é lembrar que você está longe da pessoa que ama, mas sim lembrar que um dia vocês estiveram tão próximos."
Gostei to blog,
to te seguindo.
Abração.
da uma passada no meu qndo puder
http://aquiloquepensei.blogspot.com

Naluh disse...

amanda, sabe que eu te amo? é, eu te amo. "nada vai conseguir mudar o que ficou" e quando eu digo "nada", é NADA. nem mesmo a distância de mais de mil quilômetros.

Dayane Mourão disse...

ai, saudade dói demais.. sei bem como é :s mas o tempo cura tudo.. por mas que demore muito, doa muito, o tempo sempre vai ser a solução.

to te seguindo, tá!? :D

Betty Gaeta disse...

Gostei dos texto, são românticos, suaves.
Parabéns.