sábado, 17 de julho de 2010

Jornal.


Um jornal informa, anuncia, compra, vende, aluga, mostra, comunica e relata. Jornais são vendidos em papel ou assistidos pela televisão, mas existem pessoas que fazem de si um jornal. Em preto e branco ou colorido, sem nome ou anónimo, com o foco ou sem foco, escrito ou falado, falso ou verdadeiro, distorcido ou simples... Por que cada jornal tem um enfoque seja nas outras pessoas ou em si. Não confunda pessoas com curiosidade e sede de informação com os ditos Jornais. O jornais são aqueles que informam a todos tudo seja sobre sua vida ou dos outros, também existem aqueles que vendem-se, mostram-se, aluga-se e anunciam-se, ou seja, fazem de si um modelo para os outros. Eles não precisam ser diferentes. Existem milhares, bilhares, trilhares de jornais iguais, idênticos indiferenciáveis. Os jornais perdem sua identidade própria, sua informação sempre nova e sua característica inédita. Tudo nele é comum e ténue. A cada esquina, a cada rua músicas, pessoas e informações iguais. E desejemos para cada jornal um pouco mais de identidade.

3 comentários:

Vinícius Paulo disse...

nossa, adorei essa comparação....quem escreveu o texto eh muito bom. Adoro criticas assim, leves, mas profundas. Isso é muito interessante. Além de o peso delas ser maiores. Gostei muito.

No meu blog, trabalho muitas vezes com critas assim, usando a figura de linguagem pra isso. Passa lá dps. To te seguindo.

http://opensarnaotemfronteiras.blogspot.com/

Goleiro Asmatico disse...

Olá! Adorei o blog, vi no orkut, to seguindo, se puder retribuir pra ajudar eu agradeço, to começando agora e não sei muito bem como funciona! :(
Eu gostei do texto... Se eu fosse um jornal seria ESPORTIVO :D
Beijo!

amands disse...

tá muito bom,amanda :)